Hospital Francisco de Assis

HFA

 

O Hospital Infantil "Francisco de Assis" inaugurou sua mais nova Unidade, o Hospital "Francisco de Assis" no dia (11/05) Dia das Mães, em Guarapari. Uma parceria com o Governo do Estado e com a Prefeitura local. A nova estrutura Hospitalar é especializada na atenção materno-infantil,agora as gestantes passam novamente a ter seus filhos na Cidade Saúde.

 

"Há muito tempo Guarapari estava carente de um hospital materno infantil, que atendessem os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). E através de uma parceria o Hospital Infantil Francisco de Assis – entidade mantenedora do novo hospital – vamos contribuir com a redução dos índices da mortalidade das crianças e gestantes, oferecendo atendimento de qualidade e conforto”, destacou o Presidente do Hifa, Winston Roberto Machado.

 

O HFA é um hospital geral filantrópico, referência no atendimento materno-infantil, que assumiu a estrutura da ex-Unidade de Pronto-Atendimento Infantil (UPAI), na Praia do Morro. O atendimento é voltado para urgência e emergência às gestantes e crianças de até 12 anos.

 

A UTI do Hospital Francisco de Assis (HFA), que constitui o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) iniciou funcionamento na terça-feira (03). São 07 leitos de Tratamento Intensivo Neonatal (Utins), destinadas ao atendimento de recém-nascidos de até 28 dias e 03 leitos de Tratamento Intensivo Pediátrico (Utip) para crianças de até 12 anos.

 


 

Entenda a qualificação de risco que define a ordem de atendimento no HFA

Quando se deve procurar a unidade de saúde ou recorrer ao hospital?

 

O Hospital Francisco de Assis – HFA, esclarece à população de Guarapari sobre o Protocolo de Acolhimento e Classificação de Risco. É esse processo que define a ordem de atendimentos do hospital. Ele busca a identificação dos sintomas dos pacientes que procuram o pronto socorro, apontando a necessidade de atendimento de acordo com o grau de sofrimento e gravidade. Para isso, é utilizado um sistema de cores.

 

A gerente de enfermagem do Hospital Infantil Francisco de Assis – Hifa, Bruna Cipriano, explica que a cor vermelha indica risco altíssimo com necessidade de atendimento imediato. A cor laranja representa caso grave com risco significativo e necessidade de atendimento rápido. Já a amarela significa caso de gravidade moderada sem risco imediato. O verde e o azul indicam casos de menor urgência e que podem ser atendidos em unidades de saúde básica.

 

“Nossa demanda hoje é de 120 a 130 pacientes por dia, sendo que 90% dos casos são de atendimentos de atenção primária, ou seja, deveriam estar sendo atendidos nas unidades de saúde dos bairros. Nós seguimos o protocolo de acolhimento baseado em estudos científicos e quando identificados os casos de urgência e emergência são atendidos imediatamente. Esses são o foco do pronto atendimento. Mas a maioria são casos classificados como verde e azul”.

 

Para diminuir o tempo de espera hoje no hospital e a superlotação que tem acontecido nos últimos dias por conta das doenças respiratórias típicas da estação, a população precisa entender quando procurar a unidade de saúde e quando recorrer ao pronto atendimento. É o que destaca o superintendente do HFA, Jailton Pedrosa.

 

“Estamos vivendo um cenário caótico na assistência pediátrica em todo o país e a situação não é diferente no Espírito Santo. Em Guarapari, temos a satisfação de ter esse serviço 24 horas, com dois pediatras e às vezes até três. Mas a população precisa entender que a porta de entrada para o hospital é a unidade de saúde, onde o pediatra do bairro deve encaminhar os casos de urgência e emergência para o hospital. Agora diante da nossa demanda atual, cujos 90% dos casos não se enquadram em urgência e emergência, vamos ter uma desqualificação do serviço e quem sofre é a população”, explica o superintendente. 

 

Webmail | Mapa do site | Contato

 

28 2101-5656

Rua Coronel Guardia, 100 - Bairro Centro - CEP: 29300-070 - Cachoeiro de Itapemirim - ES

 

 

HIFA

 

© 2016 Hospital Infantil Francisco de Assis.

Todos os direitos reservados.